Pesquisar este blog

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

África: Aspectos naturais



Quadro natural da África

O relevo africano é formado por estruturas geológicas muito antigas e é predominantemente composto por planaltos que em razão do constante processo de erosão ao longo dos milhares de anos apresentam-se hoje bastante planos. Ao norte do continente encontramos a cadeia do Atlas. Ao sul da cadeia do Atlas, localiza-se a meseta desértica do Saara e, mais a sul o grande planalto centro-africano. A leste encontra-se o Grande Vale do Rift, com grandes depressões e altas montanhas, entre as quais o Kilimanjaro. A sudeste, encontra-se o maciço do Drakensberg. Ao longo do litoral, situam-se as planícies costeiras.





Monte Kilimanjaro, monte mais alto do continente africano com 5.895 metros.



O Nyiragongo (à direita) e o vulcão próximo Nyamuragira (à esquerda) são juntos responsáveis por 40% das erupções vulcânicas históricas da África.


O clima de quase todo o continente africano é quente, pois quase três quartos do continente estão situados na zona intertropical do planeta, apresentando, por isso, temperaturas elevadas com pequenas variações anuais. Podemos distinguir os seguintes tipos climáticos: equatorial, tropical, tropical de altitude, semi-árido, desértico e mediterrâneo.



A hidrografia do continente africano é marcada pela presença de lagos e rios. Alguns rios atravessam áreas desérticas possibilitando a vida ao longo de suas margens, como o Nilo com mais de 6.650 km de comprimento sendo o mais extenso da África e segundo maior do globo em extensão e o Níger com 4.200 km de extensão. Há também o rio Congo, segundo maior do globo em volume de água e o segundo da África em extensão com 4.371 km, apresenta em seu trecho áreas planas e encachoeiradas sendo aproveitado tanto para navegação quanto para geração de energia hidrelétrica. Por estarem localizados em regiões tropicais e equatoriais esses rios são sempre muito extensos e volumosos.



Rio Nilo

Rio Congo


A vegetação africana espalha-se ao longo do território, de acordo com a distribuição das chuvas. Na zona equatorial quente e muito úmida encontramos a presença da floresta equatorial (vegetação perene, latifoliada, densa e alta) , já na zona tropical, com estação seca bem marcada, encontramos a savana (plantas rasteiras e pequenas árvores), em áreas de clima semi-árido encontramos as estepes ( gramíneas). Nas áreas de clima desértico encontramos uma vegetação xerófita (plantas com caules carnudos para armazenar água e folhas reduzidas a espinhos). No extremo norte e no litoral mediterrâneo, as formações vegetais mediterrâneas (maqui e o garrigue), e em alguns trechos de maior altitude encontramos a vegetação de montanha (arbustos).

Savana


Floresta tropical úmida


Deserto do Saara


Fonte de imagens: Web

2 comentários:

Dulce...Dependendo...Aprendendo...Crescendo... disse...

Amei o blog. Fiz uma viagem a 3 paises africanos em 2008 e que fantástico. Parabéns pela matéria, está linda, peguei algumas coisas pra trabalhar com meus professores e aprimorar minhas aficinas, até mais

meu blog:
www.dulcemaraalmeida.blogspot.com, abços

Evelin ... disse...

nóóssa amei o blog.
Estava louca por informação da África,que depende de fotos com informações e achei aqui.
é muito difícil achar imagens com informações,ainda legível.
Está lindo o site,só precisa de alguns ajustes e estará tudo ok!
Está de Parabéns!! :)