Pesquisar este blog

domingo, 6 de maio de 2012

Nosso Mundo: Planeta Terra


Por meio de uma educação fundamentada em valores éticos, poderemos pensar em legar a nossas crianças um mundo possível em termos de vida e bem-estarTal qual as crianças em desenvolvimento, que nascem, se tornam adultas e envelhecem, a história da própria humanidade mostra que nosso comportamento com relação com o planeta variaram com o passar do tempo.O crescimento das crianças e a evolução da humanidade podem ser comparados em muitos aspectos.

O homem pré-histórico vivia ameaçado por predadores e retirava da natureza, por meio da caça e da pesca, o necessário para sobreviver em termos de sustento e de proteção.

O grande crescimento numérico da humanidade, a industrialização e o progresso da medicina fizeram mudar a relação do homem com o planeta. Ao estabelecer uma nova ordem das coisas, o homem passou a explorar cada vez mais a Terra e de modo indiscriminado e inconsequente, tal qual um adolescente.

Importantes por permitir o progresso econômico das nações, a facilidade de acesso aos numerosos novos bens de consumo, os avanços da ciência e da medicina(que prolongaram a vida do homem) e a industrialização levaram a um consumo desenfreado de bens naturais, que não podem ser repostos pela natureza na mesma velocidade.

Hoje, em relação ao planeta, estamos como aqueles adultos que não desenvolveram regras de conduta salutares consigo mesmo durante a juventude. Essas pessoas sofrem com os problemas físicos, econômicos e sociais na maturidade.

Como pais, avós e cidadãos conscientes, temos de fazer algo a respeito para que nossos filhos e netos não herdem um mundo árido e desprovido. Sabemos que crianças aprendem primeiro em casa e só mais tarde na escola e que, nesse meio tempo, antes de se tornarem adultos, sofrem também grande influência do meio social e da mídia. Por isso, além de nos conscientizar das atitudes saudáveis e ponderadas de economia, proteção e estímulo ao crescimento dos bens da natureza, precisamos pôr em prática esses princípios no dia a dia, dando exemplo aos filhos, aos netos, a todas as crianças e jovens.

Também precisamos lhes ensinar o inestimável valor de todo tipo de vida, educá-los para conservar o meio ambiente, instruí-los sobre a reciclagem e o aproveitamento máximo dos bens, sejam naturais ou não, e alertá-los sobre o consumismo exagerado e o desperdício.

Importante também é nos lembrarmos, como adultos que somos, pais ou professores, que apenas por intermédio de uma educação fundamentada em valores éticos poderemos pensar em legar a nossas crianças um mundo possível em termos de vida e bem-estar. Eis o princípio maior da educação deste século: UMA EDUCAÇÃO NÃO SÓ PARA OS HOMENS, MAS PARA A HISTÓRIA DA HUMANIDADE.

(Texto de Maria Irene Maluf, pedagoga, especialista em educação especial e psicopedagogia).

Dica de texto: Sandra Barreto do blog Coisas Miúdas


4 comentários:

Elisa no blog disse...

Obrigada pela visita.
Lindo texto, gostei muito.
Elisa

Sandra Barreto disse...

Fico feliz por fazer parte dessas pessoas que ajudam a somar, esse texto eu ADOREI e aproveito para dizer que estarei postando vários textos motivacionais,reflexivos e educacionais ,quem quizer se dispor é só me visitar.
Meu endereço do blog: http://sandra-barreto.blogspot.com/
Patrícia obrigada por colocar meu nome como fonte de pesquisa.
Beijos no coração.
Sandra Barreto

Sandra Barreto disse...

Patrícia,pegue no meu blog o meu wavard,coisas miudas aprova se blog!Bjs.

Shuly Marina do Nascimento disse...

Patrícia obrigada pela dica do site do plano de aula, vai me ajudar muito, valeu mesmo :) SHULY MARINA